Uncategorized

DIABETES: UMA EPIDEMIA?

Olá pessoal,

De uns dias pra cá tenho percebido mais pessoas com diabetes ao meu redor. No meu trabalho tem 1 homem diabetes Tipo 1 como eu. Quando o médico da empresa foi fazer o exame periódico no meu trabalho chamou ele primeiro. Logo depois, eu entrei. Pelas perguntas iniciais sobre a saúde do funcionário não demorou muito para o médico dizer surpresa: “- Parece que temos aqui uma epidemia!” Eu procurei corrigir: “- Talvez tenhamos uma concentração de diabéticos. Não uma epidemia.”

Hoje durante a missa, um menino que fez a primeira comunhão com a minha filha chegou perto da mãe que estava ao meu lado pedindo algo para comer. Ela meteu a mão na bolsa e tirou um chocolate…diet. Fiquei intrigada e não me aguentei. Perguntei: “- Ele estava com fome?” Confirmando a minha suspeita ela me confidenciou: “- É que a glicemia dele está baixando.” Continuei:” – Ele é diabético?” Ela respondeu que sim, que descobriram há aproximadamente 1 ano. Logo falei que também sou diabética há 25 anos e que tenho este blog para desabafarmos. Espero que ele me visite e que eu possa ajudá-lo a encarar esta doença como uma forma de se encarar a vida e não um problema. Ele parece um menino muito especial. Eu estou aqui à sua disposição.

Fiz o teste de hemoglobina glicada na última sexta e…curiosa…já vi o resultado: 6,7. Esperava ficar melhor. O último deu 6,2. Acho que afrouxei as anotações e consequentemente a dose certa para cada refeição. Tenho feito hidro 2x na semana, o que não permitiu um estrago maior. Vou voltar aos trilhos, prometo. Quanto à alimentação…a comemoração do aniversário de 12 anos da minha filha Bruna ainda repercute na glicemia. Mas vou voltar à forma…prometo.

Começo a semana cheia de promessas: fazer meu exame de fundo de olho, fazer a hidro 2x na semana, maneirar no almoço, anotar cada resultado.

Beijos em todos e BOA SEMANA!!!!

Advertisements

4 thoughts on “DIABETES: UMA EPIDEMIA?”

  1. Oi, Sheila. Tudo bem?
    Sua hemoglobina está boa, mas concordo com sua vontade de sempre melhorar o controle. Parabéns!
    No departamento em que eu trabalhava também havia vários diabéticos e curiosamente a maioria era tipo 1. Parecia mais uma “doce” coincidência, pois vínhamos de lugares e situações bastante diferentes.
    Beijos.

    Like

  2. Olá, meu nome é Dayse e eu sou a mãe do menino que tem diabtes tipo 1 e fez comunhão com sua filha. Só hoje lhe encontrei na Internet. Meu filho, domingo passado, fez um hipoglicemia severa, chegou até a desmaiar. Fiquei muita assustada com o quadro, pois foi a primeira vez que isto aconteceu. Bjs.

    Like

  3. Querida Dayse, que bom que vc passou por aqui. Imagino seu susto com uma hipo forte mas nestas horas é que é preciso manter a calma para trazê-lo de volta. Acredite…depois tudo é só lembrança e restam lições para que isso não volte a acontecer (ou pelo menos que aconteçam com menor frequência possível!)Depois me mande um email com telefone para nos falarmos rvsheila@terra.com.br
    beijos

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s