Uncategorized

UM ANO APÓS ACIDENTE

Hoje faz um ano da mais série crise de hipoglicemia que me custou 10 meses sem trabalhar. Passou rápido. Foram 3 meses sem andar. Visitas semanais ao ortopedista. Mais de 100 sessões de fisioterapia. Remédios, acessórios (muletas, cadeira, etc). Neste período acho que renasci como diabética controlada. Tem males que vem para o bem! Eu que sei. Hoje faço mais controles com a fita do que já fiz em toda a minha vida. Mas ainda não consegui ficar totalmente livre das hipo. Um ano! Comemoro então minha volta a vida, ao trabalho, à rotina de pessoa andante com poucas sequelas. Poderia enumerar coisas que passei a não conseguir fazer, coisas simples como pular. Não consigo pular, correr também não é possível e um piso desnivelado é muito ruim para mim. Tenho preservado também minha coluna, evito carregar peso, não consigo fazer mais ginástica em academia. Tenho muito medo de despertar a hérnia adormecida.

Prefiro enumerar o que posso fazer: dirigir, andar, passear, ir à praia e à piscina (fiquei muito tempo com uma ferida e não podia mergulhar), enfim…VIVER A VIDA.

Este ano completo 40 em fevereiro. Completo 25 anos com a doença em maio. Pretendo viajar com meu marido para Portugal em julho. Estou buscando uma atividade profissional que me permita conciliar o controle da doença e que não me desgaste tanto (os pés e a coluna). Espero conseguir!

Meu pai querido sempre disse: Não há mal que sempre dure, nem bem que nunca se acabe! O drama passou, agora somente vitórias! Que Deus nos abençõe! Beijos e até a próxima!

Advertisements

5 thoughts on “UM ANO APÓS ACIDENTE”

  1. Oie ,nossa Sheila primeiramente fico feliz que vc tenha se recuperado , nao tenha sofrido sequelas ,queor te parabenizar pelos controles e pela viagen e claro ,recebi uma oredem a dois meses atras da minha medica ,NAO TER HIPOGLICEMIAS ,achei impossivel ,mais consegui ficar um mes sem ter ,bem no dia primeiro de janeiro tive a primeira do ano(40)bem depois disso tive umas quatro ,hummm ta dificil ,enfim nao e facil mesmo ,mais temos que ir levando ne .
    bjim

    Like

  2. Sheila,
    Que bom que você conseguiu se recuperar bem desse episódio na sua vida!!
    Eu também acho bem difícil conciliar trabalho + diabetes. Tenho horários bem flexíveis, mas mesmo assim não é fácil. Espero que você consiga um emprego que te dê espaço para cuidar bem da sua saúde! 😉
    Portugal em Julho!!!!! Que gostoso!! Só tome cuidado com os pasteis de Belém porque eles tem bastante carboidrato!rsrsrs…
    Bjs,
    Teresa

    Like

  3. Olá garota!!!
    Parabéns Sheila por cada conquista sua. São histórias de superação como a sua que nos fazem ter cada vez mais vontade de viver e viver bem com nosso probleminha!!! Bjinhus :***

    Like

  4. Oi Sheila,que bom que passou a fase ruim, que você tenha só fases boas daqui pra frente!
    É difícil ficar livre das hipo,fazer o que né? Temos que conviver com isso e tentar sempre superar.
    Abraços

    Like

  5. Oi Sheila,
    Sei pouco sobre “hipo”. Meu filho de 5 anos foi diagnosticado DM1 a um ano. A primeira orientação da Dra. foi como evitá-las.Geralmente ele me avisa que está tontinho, mas outras vezes não. Só descubro qdo vou medir. Minhas primeiras noites forem de pavor. Tinha medo que ele tivesse dormindo.
    Me fala mais sobre o assunto.
    Bjus

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s