histórias de hipo

FASES

Eu acredito que na vida experimentamos diferentes fases. Ora estamos alegres, outras vezes nos sentimos tristes, tem também os períodos de revolta. Como diabética há tanto tempo, vivi muitas e diferentes fases.
Nesta foto eu tinha 26 anos e estava visitando um museu em Nova Iorque. Encontrei a imagem de um pâncreas e minha instintiva reação foi a de brincar de “socar” aquele orgão inútil que só me trazia problemas. Uma brincadeira que, na verdade, expressava o que eu na verdade estava vivendo em relação à minha doença e ao meu tratamento.
Passaram-se vários anos e, agora, a revolta sumiu mas estou percebendo que o medo vem tomando lugar em meus pensamentos. Hoje, por exemplo, tive outra experiência brutal com uma hipo inesperada (e desesperada). Devo ter comido de menos no café da manhã e por volta de 11:30 senti como se a minha energia vital estivesse se esgotando. Nem consegui expressar ou perceber o que sentia. Nada doía, nenhum sintoma claro de uma hipo, somente uma sensação de que minha mente e meu corpo estavam se separando.
Eu pensava no que queria fazer mas não conseguia nem andar. O dia parece que escureceu e os pensamentos tornaram-se confusos e pesados demais para mim. E como já aconteceu outras vezes…tudo desaguou num choro desesperado como se eu estivesse enlouquecendo. Consegui então tomar água com açucar e medi minha glicemia: 37. Muito baixo, é claro. Sem dúvida os sentimentos eram de hipo mas… Há algo de sorrateiro na mente que faz com que eu não pense na hipótese da hipo. Algo que me diz que está tudo bem, quase que para me fazer cair…sofrer…ou até mesmo morrer. Senti uma fraqueza inexplicável como uma pilha descarregando lentamente. Foi horrível!

Depois de algum tempo…tudo volta ao normal. O dia está com sol, consigo fazer as coisas mais simples e complexas e só fica um leve dor de cabeça. Quem está em volta quase me acusa de que eu tenha feito algo errado: dose de insulina errada, não comi, etc. E esse sentimento de estar errada frente a um corpo que não responde com eficiência a nenhum tratamento ou esquema também é desolador.

Estou numa fase de medo de mim. Voltei a trabalhar em um ritmo mais lento mas, mesmo assim, toda hora me pergunto se está tudo bem…se não estou com hipo…ou sobre como está minha glicemia. Quando vejo que está alta…chego a pensar bem escondidinho dentro de mim: graças a Deus pois assim eu não caio, não me machuco e não morro! Mas isso também está errado. Estou numa fase confusa mas sei que quanto mais eu souber como estou, melhor. Não faço economias de fitas! Preciso saber como estou mesmo quando minha mente me engana e diz que está tudo bem!

Beijos a todos e até outra hora. Espero que esta fase passe!

Sheila

Advertisements

4 thoughts on “FASES”

  1. Oi Sheila,é assim mesmo desse jeito que descreveu essa sensação horrível de hipo, realmente tem pessoas ainda que não entendem um diabético, só outro diabético para entender,é aquele ditado só estando na nossa pele para saber o que é de verdade. também tenho tido algumas hipo sem entender, tem dia que vou dormir com a glicose a 200 e na manhã seguinte ela despenca para 50, sem eu ter tomado humalog. É isso aí coisas e diabético,como já disse no blog da Luciana é difícil imitar o pâncreas.
    Bom melhoras e tudo de bom!
    beijos

    Like

  2. oie nossa sheila ,vc pareceu desanimadinha ,eu tb me sinto assim depois de uma hipo tenho evitado ao maximo e tenho conseguido uns meses stras tinha muitas hipos durante o dia e nem por isso minha glicada abaixou ,por que sempre depois das minhas hipos vinha uma hiper ,hj em dia como mais ou menos semprwe a mesma quantidade e paica tb a mesma quantidade tenho evitado hipos chega a fuicar um mes sem, ter ,aquela dor de cabeca pos hipo sei bem comop e ,mais se cuida fases passam e logo virao outras melhores ,
    bjim
    ro

    Like

  3. Sheila

    Eu gosto muito do seu blog, e vi seu post, bom eu também ja passei por experiências terriveis por causa de hipo e são mais ou menos assim, tirando a parte do choro, kkkk, para falar a verdade eu fico bem sentimental quando minha glicose esta muito alta, da uma fraqueza, um desanimo, força é assim que a gente vence, tentando e lutando.
    beijos[[

    Athayde

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s