dieta, filhos

O PODER DA MENTE!

Olá pessoal,

Esta semana estou muito feliz. Minha filha completou 11 anos e está linda! Parece que foi ontem. Essa história eu já contei em outro post mas … Lembro que foi tudo muito rápido. Eu ia fazer um exame normal de pré-natal e já estava na 38º semana. Meu pai me pegou em casa e fomos por volta de 17:00 fazer o tal exame. A médica começou a ouvir os batimentos do coração do bebê…e…começou a franzir a testa…Eu comecei a ficar meio nervosa. Meu pai também estava na sala e nos olhávamos como quem não entende nada mas pressente uma certa tensão. Então ela diz:

– Me dá o telefone do seu médico que eu quero falar com ele.

Eu, é claro, nem questionei. Peguei o número e dei para ela. Eu ainda não tinha lanchado e estava morta de fome. Saímos do laboratório sem saber direito o que aconteceu. A médica não conseguiu falar com ele e pediu para que eu ligasse para ele tão logo chegasse em casa. Nessa altura, eu já estava quase chorando mas…aguentei.

Na casa dos meus pais, sentei logo na mesa e comi um queijo quente e café com leite. Aí fui ligar para o médico. Contei o que deu no exame e ele disse:

– Não coma nada. Arrume suas coisas e me encontre no hospital tal. Faremos o parto ainda esta noite.

Eu disse que iria pegar a bolsa do bebê em casa e a minha mala e ele foi taxativo:

– Você vai direto para o hospital. O pai pode pegar isso depois.

Eu chorava de nervoso e desespero. A hora tinha chegado e a gente acaba nunca ficando preparada para…virar mãe. O momento em si já é cheio de drama. Liguei para a minha endocrinologista para avisá-la para acompanhar o parto e fomos para o hospital.

Tudo continuou muito acelerado e depois soubemos que o exame detectou que o bebê estava começando a ter sofrimento fetal. Um susto!!! Mas ela nasceu bem, desconsiderando uma pequena hipoglicemia nos primeiros dias, com 49cm e 4,200 kg.

Ela trouxe muita alegria e traz até hoje. Eu venho cuidando da diabetes para participar a cada ano de mais uma comemoração. Desta vez, ela quis um programa mais teen: boliche e pizza. Eu fiz o que que venho fazendo ultimamente com muita consciência, alegria e tranquilidade: fiz a opção mais saudável. Entre o rodízio de 34 sabores de uma das melhores pizzarias do Rio e eu, eu optei por uma deliciosa Ceaser Salad com muito alface, frango, torradinhas… Depois eu até me dei o luxo de comer um pedacinho fino do bolo pois estava com…HIPOGLICEMIA. Isso é que é …o poder da mente!!!!
Beijos e desculpem a nostalgia!

Advertisements

1 thought on “O PODER DA MENTE!”

  1. Sheila, parabéns para vocês duas!
    Gostei muito de ler seu relato. Deve ter sido um momento de dúvidas, medo, ansiedade, mas também de uma alegria imensa! E graças a Deus deu tudo certo e você tem uma filha linda e saudável.
    Felicidades!
    Beijos.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s